Autor Tópico: Nova Astropintura digital: O planeta Extra-solar " TrES-4  (Lida 796 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Miguel Claro

  • Astro-Principiante
  • ***
  • Mensagens: 449
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
    • http://astrosurf.com/astroarte
Nova Astropintura digital: O planeta Extra-solar " TrES-4
« em: Agosto 10, 2007, 10:36:31 am »
Olá a todos, já havia uns tempinhos que não pintava e a descoberta
do último planeta gigante extra-solar TrES-4 levou-me a fazer uma
astropintura digital. Servi-me como base da primeira e única imagem
que vi penso que publicada pela Nasa em vários sites. A imagem
parecia-me um esboço e resolvi inspirar-me na mesma tentando manter
certos parâmetros para ter alguma base científica. A imagem não foge
muito da primeira que foi publicada pelos profissionais mas penso
que está interessante pois tentei pormenorizá-la dar-lhe muito mais
definição, tento aqui mostrar o TrES-4 com um toque pessoal ;)

O método utilizado é o do costume, Corel Photopaint 11, usando
essencialmente as ferramentas de spray e Camera Lens effect. Tudo o
resto é apenas: " The art of mouse" ;)) ou seja substituo o rato
pelo pincel e uso-o tal como numa pintura a óleo.


A astropintura pode ser vista aqui:

http://www.astrosurf.com/astroarte/Astr ... 14-ass.jpg


Mais astropinturas no link geral:

http://www.astrosurf.com/astroarte/astroartdigital.htm


Podem saber mais sobre este planeta neste link:

http://astropt.org/blog/2007/08/08/estranho-planeta/

E aqui:
We report the discovery of TrES-4, a hot Jupiter that transits the
star GSC 02620-00648 every 3.55 days. From high-resolution
spectroscopy of the star we estimate a stellar effective temperature
of Teff = 6100 +/- 150 K, and from high-precision z and B photometry
of the transit we constrain the ratio of the semi-major axis and the
stellar radius to be a/R = 6.03 +/- 0.13. We compare these values to
model stellar isochrones to constrain the stellar mass to be M* =
1.22 +/- 0.17 Msun. Based on this estimate and the photometric time
series, we constrain the stellar radius to be R* = 1.738 +/- 0.092
Rsun and the planet radius to be Rp = 1.674 +/- 0.094 RJup. We model
our radial-velocity data assuming a circular orbit and find a
planetary mass of 0.84 +/- 0.10 MJup. Our radial-velocity
observations rule out line-bisector variations that would indicate a
specious detection resulting from a blend of an eclipsing binary
system. TrES-4 has the largest radius and lowest density of any of
the known transiting planets. It presents a challenge to current
models of the physical structure of hot Jupiters, and indicates that
the diversity of physical properties amongst the members of this
class of exoplanets has yet to be fully explored.

Um abraço amigo a todos e

espero que gostem...

Miguel Claro

http://astrosurf.com/astroarte
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »



Tags: