Autor Tópico: O mistério marciano das "sete irmãs"  (Lida 1430 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline João Clérigo

  • Administrador
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1690
  • Karma: +1/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
O mistério marciano das "sete irmãs"
« em: Setembro 24, 2007, 11:30:39 am »
A NASA está a divulgar novas imagens de Marte, tiradas pela sonda Mars Odyssey, que permitem observar algo de inédito na investigação daquele planeta. Além de mais formas geológicas que apontam para a existência de água num passado remoto, surgiram também fotos daquilo que parecem ser entradas para cavernas.



Os buracos encontram-se na vertente de um vulcão e já foram baptizados de "sete irmãs", cada gruta com o seu nome feminino. A descoberta sugere a existência de espaços interiores e foi feita por intermédio da medição de temperaturas, em imagens de infravermelhos. Segundo Glen Cushing, da equipa da Universidade de Arizona que estudou as fotografias, durante o dia os locais são "mais frescos do que a superfície à volta e mais quentes de noite".

O cientista, citado no site oficial da NASA, afirma que o comportamento térmico dos buracos "não é tão estável como o de grandes cavernas na Terra, as quais conseguem manter uma temperatura relativamente constante". Apesar de tudo, esta observação "é consistente com a ideia de buracos profundos no solo".

A descoberta está a entusiasmar os cientistas, pois a confirmarem-se as cavernas marcianas haverá uma forma de estudar Marte em profundidade. Estes locais podem ser um nicho protector de vida (caso ela exista) e deverão conter informação sobre o passado do planeta. A caça à detecção de novas grutas já foi lançada, baseando-se no mesmo método de comparar as temperaturas diurnas e nocturnas da superfície marciana.

Os cientistas também adiantam uma possível explicação para a existência destas formações. As entradas das grutas estão no vulcão Arsia Mons, não longe da maior montanha marciana, Olympus Mons. Aparentemente, o colapso da caldeira ou de partes dela poderá explicar a formação de orifícios e falhas internas.

A elevada altitude das grutas (Arsia Mons tem 16 quilómetros de altura) inviabiliza, segundo os cientistas, a candidatura a habitat humano ou local ideal para albergar vida microbiana.

In DN
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »


Cumprimentos,
João Clérigo

Offline João Clérigo

  • Administrador
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1690
  • Karma: +1/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Re: O mistério marciano das "sete irmãs"
« Responder #1 em: Outubro 08, 2007, 03:18:36 pm »
Imagem no APOD:
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Cumprimentos,
João Clérigo

Offline Nsilva

  • Mensagens: 8
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: O mistério marciano das "sete irmãs"
« Responder #2 em: Setembro 02, 2008, 02:53:20 pm »
Diga-se de passagem que estes "buracos" são realmente muito estranhos.....parece que houve ali "mão". Parece que "fizeram" um buraco para ir buscar qual tesouro. :D
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »

Offline lucival

  • Astro-Novato
  • *
  • Mensagens: 1
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: O mistério marciano das "sete irmãs"
« Responder #3 em: Janeiro 03, 2009, 05:18:32 pm »
MUITO INTRIGANTE ISSO, É MUITO IMPROVAVEL SER OBRA DA NATUREZA... AGORA SE É UM BURACO ARTIFICIAL.. QUEM CONSTRUIU E COM QUE OBJETIVO
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »

Tags: