Sistema Solar > S.E.T.I.

ATA em funcionamento

(1/1)

sal.fresco:
Um sistema de radiotelescópios criado especialmente para detectar sinais de vida alienígena, começou a funcionar na passada semana, 11 de Outubro de 2007, ao norte do Estado da Califórnia, nos Estados Unidos.

Baptizado de Allen Telescope Array (ATA), o sistema será capaz de analisar mais de um milhão de sistemas estelares na busca de sinais de rádio gerados por extraterrestres. O ATA já começou a operar com 42 das suas 350 antenas parabólicas de seis metros de diâmetro e é considerado um dos maiores do mundo. Os seus projectistas esperam que o ATA seja capaz de identificar claros sinais de vida alienígena até 2025.

O ATA está instalado no Observatório Hat Creek, que fica a 465 km a norte de São Francisco CA, e vai ser operado pelo Instituto SETI (sigla em inglês de Busca por Inteligência Extraterrestre) e pelo laboratório de radioastronomia da Universidade de Berkeley na Califórnia. Com sede no Estado americano, o Instituto SETI é uma organização criada com o objectivo de explorar, entender e explicar a origem da vida no universo e que coordena esforços para encontrar sinais de vida extraterrestre.

"Para o SETI, as capacidades técnicas do ATA aumentam exponencialmente as habilidades de procurar por sinais inteligentes e podem levar à descoberta de seres pensantes em outros lugares do universo", disse Seth Shostak, astrónomo do SETI.

O ATA será capaz de cobrir uma área do céu 17 vezes maior do que é possível com o Very Large Array (http://deepspace.jpl.nasa.gov/dsn/history/dsn67.html ), um dos maiores observatórios radioastronómicos do mundo, no Estado do Novo México. Espera-se que o ATA ainda contribua na pesquisa de outros fenómenos astronómicos, como supernovas e buracos negros.

Paul Allen, co-fundador da Microsoft, doou 25 milhões de dólares para a construção da fase inicial do projecto e outros patrocinadores estão sendo contactados para contribuir com outros 25 milhões para a finalização do projecto.

(fonte BBC Brasil)
Adaptação: Salomão

Navegação

[0] Índice de mensagens

Ir para versão completa