Autor Tópico: Duvidas Iniciação  (Lida 3044 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Orion8

  • Mensagens: 4
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Duvidas Iniciação
« em: Julho 02, 2010, 12:03:17 am »
Boa Noite.
Chamo-me Afonso e tenho 16 anos.
Estou a começar a interessar-me cada vez mais por astronomia até que um amigo referiu-me este site para esclarecer algumas dúvidas que tenho antes de comprar o meu primeiro telescópio...
Aqui vão:
-As imagens de planetas e galáxias que irei ver são a preto e branco ou a cores?
-Estes objectos são perceptíveis com um telescópio de 100 mm?
-Pelo que sei a astronomia e uma actividade um pouco cara e limitada para baixos orçamentos, os equipamentos mais baratos ficarão obsoletos em pouco tempo?
-Por ultimo gostava que me aconselhassem um telescópio para observar planetas, vivo numa cidade com alguma poluição luminosa e o meu orçamento ronda os 1000 euros.

Obrigado a todos.
Afonso.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »



Offline Emanuel

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1396
  • Karma: +11/-0
    • Ver Perfil
Re: Duvidas Iniciação
« Responder #1 em: Julho 02, 2010, 03:10:56 pm »
Olá Afonso, bem vindo ao fórum! :)
Olha, em relação às cores que vais conseguir ver num telescópio, tens que ter a mente um pouco aberta, ou seja,  não te deixes influenciar pelas imagens que se vêm nos livros e revistas de astronomia, estas são feitas através de exposições fotográficas de curta ou longa duração, dependendo se o objecto é difuso ou não! Normalmente este é um erro típico de quem se inicia na astronomia. por pensar que vai ver a mesma coisa e não é assim! :?

- Na realidade, se estiveres a observar os planetas mais próximos, tal como Júpiter ou Saturno, sim, com um refractor de 100mm vais conseguir ver côr; se estiveres a observar uma nebulosa ou galáxia, aqui o caso muda radicalmente; porquê?  porque além de serem objectos muito difusos , estão extremamente distantes, e depois também existem outros factores que limitam a sua visualização, um sendo o tamanho do telescópio que se utiliza e outro é a nossa atmosfera, quanto mais poluída, :?  menor a possibilidade de ver alguma coisa de jeito; normalmente para este tipo de objectos, que são classificados de "céu profundo" , o mais indicado é utilizar um reflector com um tamanho acima de 6 polegadas ( melhor um de 8 ou 10)...ou maior obviamente!  Um refector , seja com montagem Newton ou Dobson, é o mais indicado!

A astronomia não é cara, nem limitada para orçamentos baixos, tudo depende do que se quer fazer! Dou-te o meu exemplo- durante muitos anos não tive qualquer telescópio, só uns binóculos, e passei bons momentos a observar com eles ( que são o instrumento que se deve adquirir em 1º lugar, por que se tem uma visão binocular, muito confortável, e são excelentes para procura de objectos; depois construí um dobson de 6 " ( polegadas), em que comprei os espelhos e construí o resto e entretanto vendi a um amigo; o telescópio que hoje tenho comprei em segunda mão e por partes, 1º comprei a OTA ( optical tube assembly) , ou seja o tubo òptico , um Maksutov de 6" por 700 euros; meio ano depois, comprei uma montagem da Celestron , a CG5, que é uma montagem equatorial, por 400 euros; com os teus 1000 euros , hoje em dia compras igual ou melhor, seja usado ou novo; a montagem eu troquei entretanto por uma da Vixen, a Sphinx,que é Go-To, computorizada!! :D
Maksutov é um tipo de telescópio compacto dos mais comuns no mercado, assim como Schmitt-Cassegrain; os desenhos òpticos mais polulares e mais acessíveis são o de tipo Newton, inventado por Sir Isaac Newton, seja com montagem Dobson ( o mais barato e simples), seja com montagem equatorial; e depois , claro, o 1º desenho òptico, o refractor ou também conhecido como luneta de Galileu, que foi inventado por um oculista Holandês, Hans Lippershey , que era Alemão de nascença, naturalizado Holandês!
Existem vários desenhos òpticos mais, mas estes são os mais populares e comuns do mercado! :geek:

Obviamente se comprares das melhores marcas, qualquer coisa custa-te os olhos da cara,  :shock: mas à que saber fazer as escolhas certas, que nem sempre é fácil!

A astronomia começa a ser cara quando te começas a interessar por astrofotografia, porque aqui é necessário investir um pouco, mas também depende do que quiseres fotografar, eu por exemplo só faço fotografia planetária e não foi preciso investir muito; percebes? depende de várias coisas!
O material astronómico nunca fica obsoleto, o problema,para nós , malucos das estrelas, é que sofremos um pouco da"febre do tamanho" , :-D uns mais que outros, e sempre queremos um telescópio maior ou melhor e a tendência é pôr de lado o outro   telescópio!                                                                                                                                                                        
 Aconselhar-te um telescópio?  :? Humm, isso é sempre difícil, porque ao fazê-lo , nem sempre se vai de encontro às expectativas de quem o compra! Para primeiro telescópio, com esse orçamento, eu diria que não fosses para um refractor, porque apesar de ser o mais indicado para planetas, por não ter obstrucção entre a objectiva e a ocular, um bom reflector de 8 " com uma montagem equatorial seria bem melhor( o de 8" tem um espelho de 203,2mm contra o refractor de 100mm e a diferença da àrea para captar luz entre eles é enorme , o que se traduz em imagens muito mais luminosas e com mais detalhes, mas isto é a minha opinião). ;-)
Um abraço
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Takahashi FSQ 106 ED
Celestron AVX mount
Nikon D5300
Qhyccd Polemaster
Orion Starshoot autoguider
Omegon off-axis guider

Offline Orion8

  • Mensagens: 4
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: Duvidas Iniciação
« Responder #2 em: Julho 04, 2010, 12:21:03 am »
Obrigado Emanuel pelo esclarecimento :sunny: . Era o que eu pensava quanto as cores dos objectos...depende tambem do telescopio e das condiçoes....
Desses tipos todos de telescópios vi que referes especialmente os reflectores de 8. Se eu estiver tambem interresado mais tarde em fotografar planetas, este tipo de telescopio é aconselhado?

Obrigado.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »

Offline Emanuel

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1396
  • Karma: +11/-0
    • Ver Perfil
Re: Duvidas Iniciação
« Responder #3 em: Julho 04, 2010, 06:34:17 pm »
Olá! Sim, claro que sim!  :) Os astrofotógrafos mais dedicados certamente te dirão que o mais aconselhado, é um bom refractor; porquê? Porque, como sabes, de todos os tipos de telescópios, salvo algumas excepções,  têm algum tipo de obstrucção, que é obviamente necessária ( falo dos espelhos secundários de um reflector, por exemplo,  faz parte do sistema òptico dele); no caso do refractor, essa obstrucção não existe, e como , para observar planetas, devido à sua proximidade, a intenção é mostrar detalhes da sua superfície, então mostrará mais facilmente esses detalhes!! Porque digo eu que é melhor um reflector de 6" ou 8"? Porque, se pesquisares com atenção, verás que os telescópios mais baratos do mercado, de uma forma geral, são os refractores até 100mm;porquê? Porque são normalmente construídos com materiais com menos qualidade e o resultado final é um produto fraco; obviamente que há excepções, mas até aos teus 1000 euros de orçamento, não compras melhor do que um bom telescópio newton, com montagem equatorial ou dobson!!

Os refractores são realmente bons ou excelentes, quando se entra no mundo dos apocromáticos ( os mais acessíveis são acromáticos, por utilizarem, por norma, duas lentes para formar a objectiva, uma com a função de focar, outra com a função de corrigir, ou tentar corrigir a aberração acromática, que é um defeito que atinge todas as superfícies òpticas, umas mais que outras, e resume-se ao não conseguir concentrar todas as cores que formam a luz branca e o resultado típico é veres uma imagem com um desvio para o amarelo/vermelho dum lado e um azul/ciano do outro, ou algo assim do género- o melhor exemplo de uma aberração acromática é um arco-íris); no caso de um apocromático, também pode utilizar duas lentes ou três, mas uma delas normalmente é construída de um material especial, por exemplo fluorite, e practicamente eliminam qualquer traço de aberração acromática, obviamente que não é necessário dizer-te o preço desses telescópios, não é?  :shock: Se bem que já existem alguns relativamente acessíveis!

No caso do newton, de uma forma geral, a maior fatia do seu preço fica no espelho principal, que é muito mais simples de construir, enquanto que um refractor, tem mais superfícies òpticas para polir e tratar e isso encarece o preço final! :?
 
Em todo o caso, o fundamental de toda esta lenga-lenga :-D , é que quando se fala de telescópios, o tamanho faz a diferença, e a prova disso é que os astrónomos profissionais sempre querem construir um cada vez maior, porque os detalhes que ele te mostra são proporcionais à area da sua objectiva ou espelho: quanto maior, mais luz vai captar e mais detalhes te vai mostrar!

Estas são as minhas razões, para te aconselhar um bom reflector ( newton) , e, se queres fazer astrofotografia mais tarde, então um com uma montagem equatorial, porque  é necessário ! Além disso, ainda te sobra cacau para comprares alguns acessórios, se quiseres, obviamente! :)
Se quiseres pesquisar , na net, não é difícil veres imagens de planetas e de outros tipos de objectos fotografados por reflectores deste tamanho, existem fotos excelentes!
 De uma forma geral, todos os tipos de telescópios são bons, sabendo como utilizá-los, agora quando se trata de rentabilizar o nosso dinheiro, acho eu que a melhor escolha será essa!
Um abraço 8)
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Takahashi FSQ 106 ED
Celestron AVX mount
Nikon D5300
Qhyccd Polemaster
Orion Starshoot autoguider
Omegon off-axis guider

Offline Orion_PKFD

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1228
  • Karma: +1/-0
    • Ver Perfil
    • http://astro-andregoncalves.blogspot.com/
Re: Duvidas Iniciação
« Responder #4 em: Julho 05, 2010, 12:44:34 pm »
Citação de: "Orion8"
Obrigado Emanuel pelo esclarecimento :sunny: . Era o que eu pensava quanto as cores dos objectos...depende tambem do telescopio e das condiçoes....
Desses tipos todos de telescópios vi que referes especialmente os reflectores de 8. Se eu estiver tambem interresado mais tarde em fotografar planetas, este tipo de telescopio é aconselhado?

Para planetas quanto maior melhor, quanto maior for a abertura, maior é a resolução que conseguirás obter. Daí ser melhor um newton de 8", 10", 12", ...ou seja o que for (desde que tenham ópticas satisfatórias) do que o melhor APO de 100mm. Para astrofotografia de longa exposição a história já é outra, mas para planetas the bigger, the better.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »

Offline Miguel Lopes

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1810
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: Duvidas Iniciação
« Responder #5 em: Julho 05, 2010, 05:28:26 pm »
Citação de: "Emanuel"
Olá! Sim, claro que sim!  :) Os astrofotógrafos mais dedicados certamente te dirão que o mais aconselhado, é um bom refractor;

Os "mais dedicados" vão mesmo para os Ritchey Chrétien, Dall Kirkham e outros com obstrução.  :-D

A obstrução não é má.... é diferente... A obstrução tem uma resposta em frequência muito diferente de um refractor desobstruído.
A obstrução realça os detalhes de alta frequência (pequenos detalhes) enquanto esbate os de baixa frequência.

O que engana é que ou a noite é perfeita, sem turbulência, ou então a vantagem do telescópio com obstrução não é notória. Por isso para uso visual um refractor é melhor.

Para imagem planetária ou de céu profundo um telescópio com obstrução pode obter mais detalhe de alta frequência do que um refractor.
Um SCT de qualidade óptica igual a um refractor do mesmo tamanho dará provavelmente melhor imagens planetárias.
A nível visual já não é a mesma coisa... O SCT dará uma imagem com cores mais esbatidas e menos contraste por exemplo entre faixas em Júpiter.

PS: esta análise é válida para SCTs, Maks e outros telescópios sem "aranhas". As aranhas reduzem a resolução em determinadas frequencias.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
"a astrologia é a ciência dos ignorantes, a astronomia é a dos que se sentem ignorantes" - Miguel Lopes

Offline Emanuel

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1396
  • Karma: +11/-0
    • Ver Perfil
Re: Duvidas Iniciação
« Responder #6 em: Julho 05, 2010, 07:46:11 pm »
Pois é, tens razão Miguel! Pena é os precinhos deles, têm a tendência a rebentar a carteira! :-D
No meu caso, não sendo exemplo, desde que tive o refractor da Tasco ( = RASCO :evil: ), fiquei afectado e agora tenho alguma dificuldade em considerar um refractor como escolha !!! :)
Mas é como digo, desde que se saiba utilizar, todos podem ser uma boa aposta! 8)
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Takahashi FSQ 106 ED
Celestron AVX mount
Nikon D5300
Qhyccd Polemaster
Orion Starshoot autoguider
Omegon off-axis guider

Offline Orion8

  • Mensagens: 4
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: Duvidas Iniciação
« Responder #7 em: Julho 09, 2010, 06:11:12 am »
Citar
Daí ser melhor um newton de 8", 10", 12", ...ou seja o que for (desde que tenham ópticas satisfatórias) do que o melhor APO de 100mm

Obrigado Emanuel, André e Pedro. Pelo que li ultimamente os refractores "apo" são os melhores entre os modelos de refractores, estou certo??? Se assim é porque é que um newton de 8" ou 10" é muito mais barato tendo uma abertura do dobro do refractor???? Será que peca na qualidade de imagem comparado com os refractores APO??? "ISTO EM RELAÇÂO AOS PLANETAS"

Já agora, estive também a ler sobre as montagens do telescópio.Pelo que percebi a diferença entre uma montagem equatorial e azimutal é que a equatorial segue os movimentos dos planetas alinhando-se com o ponto próximo da estrela polar.
A minha duvida é: para um iniciado não seria mais fácil uma montagem azimutal para observar os planetas??

Um abraço a todos.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »

Offline Emanuel

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1396
  • Karma: +11/-0
    • Ver Perfil
Re: Duvidas Iniciação
« Responder #8 em: Julho 09, 2010, 06:58:49 pm »
Bem, vamos por partes:  :geek:
-dentro da categoria de refractores, de uma forma geral, existem os acromáticos e os apocromáticos;
- a diferença de preço enorme, entre eles, tem a ver com três factores principais: o 1º refere-se ao facto de que um apo ( apocromático) utilizar umas das lentes que formam a objectiva, construída a partir de um vidro especial e caro, por exemplo a fluorite como te tinha dito, o que encarece bastante o preço; o 2º aspecto tem a ver com o facto  de , ao contrário de um reflector, em que o espelho principal é côncavo e só recebe tratamento nessa superfície, a objectiva do refractor, se fôr um apo, tem, por exemplo três lentes e recebe tratamento em cada uma das superfícies, ou seja , são 6 superfícies para tratar, percebes? o 3º aspecto tem a ver com a mão-de-obra especializada na construção deste tipo de telescópios; provavelmente se fôr um telescópio Japonês, Americano, Alemão, Russo e alguns mais, será bastante caro; se fôr construcção Chinesa ou outro país do género, será mais barato, pode até ser muito bom, mas a mão-de-obra é muito mais barata, se bem que se sabe que alguns governos, como o Chinês, mantêm a moeda desvalorizada propositadamente para poder competir em todos os mercados mundiais; percebes agora porque um apo se torna tão caro?  :?
 
Um Newton também pode ser muito caro mesmo, se forem utilizadas òpticas de qualidade muito elevada, como são as do constructor Zambuto, ou então, o seu preço pode ser alto, dependendo da perfeição da curvatura do espelho, que se percebe quando se vê as características dele; um espelho com 1/4 de lambda é o mais normal de ver e já tem qualidade aceitável; quando este valor começa a subir, também sobe a qualidade das imagens e obviamente o preço, 1/6 de lambda já é bom, 1/8 ou 1/10 são excelentes e caros;  :)
Agora, por norma , os telescópios que vês no mercado e que ficas admirado por ter tamanho grande e preço baixo são construídos em vidro pyrex, que é bastante bom para a construcção de espelhos e acessível a nível de preço; com uma qualidade de 1/4 já se pode ter um bom instrumento!!
E para planetas quanto maior mais detalhes vais ver, porque por exemplo, um apo de 100mm não tem a capacidade de captar a mesma quantidade de luz, do que um reflector de 8" ( 203,2mm); com a mesma ampliação vais ver mais detalhes no reflector e por um preço menor!! O apo torna-se realmente bom em fotos de longa duração, porque aqui se evidencia a qualidade das òpticas dele.

Em relação às montagens, para quem começa, realmente uma montagem azimutal é muito mais fácil, porque é só apontar para o objecto que se quer vêr e observar;
Agora eu explico porque te aconselho um telescópio com montagem equatorial: enquanto tiveres um telescópio com montagem azimutal e quiseres observar objectos que requerem pouca ampliação, ou nenhuma, então muito bem, serve perfeitamente;
Quando quiseres ampliar os mesmos objectos para conseguir vêr mais detalhes, nos planetas por exemplo, então esquece; o facto de a montagem não ter motor ou motores para simular a velocidade de rotação do nosso planeta( velocidade sideral) e consequentemente manter no campo de visão, o objecto que estamos a observar, a observação torna-se simplesmente uma tortura e é muito enervante não conseguir manter o objecto parado no campo de visão :evil: ; passa-se mais tempo a tentar centrar esse objecto do que a observá-lo; eu sei, porque já tive um dobson de 6"; :(|
Outra boa razão para ter uma montagem equatorial, é que se quiseres fazer astrofotografia, é quase impreterível ter uma montagem destas;
Convém dizer que dos três eixos dela, o equatorial é regulado em função da latitude na qual o telescópio se encontra e sim, como tinhas dito, no hemisfério norte , virada para a estrela polar , por ser o ponto de referência mais próximo do norte celeste( que é o norte imaginário do céu nocturno); no hemisfério sul é mais complicado, porque não existe uma estrela luminosa o bastante para orientar a regulação da montagem equatorial;
Também é conveniente dizer que existem montagens azimutais que são controladas electronicamente, têm motores em ambos os eixos e funcionam de forma excelente; obviamente não têm o mesmo preço de uma montagem azimutal normal; para te dar um exemplo, a constructora Americana Meade, que é um dos maiores constructores mundiais de telescópios para amadores, se não o maior, utiliza este tipo de montagem azimutal nos telescópios catadióptricos.
Depois também já há vários telescópios em que a montagem já vem equipada com GPS, o que significa que para alinhar a montagem é extremamente fácil, a propria montagem alinha-se sózinha através da informação de satélites! 8)
Um abraço
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Takahashi FSQ 106 ED
Celestron AVX mount
Nikon D5300
Qhyccd Polemaster
Orion Starshoot autoguider
Omegon off-axis guider

Offline Orion8

  • Mensagens: 4
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: Duvidas Iniciação
« Responder #9 em: Agosto 18, 2010, 01:44:00 pm »
Olá outra vez, aproveitei este meu ultimo tópico para fazer outra pergunta. :-D
Estive a procurar informação sobre a distancia focal de um telescópio mas fiquei um pouco baralhado, por exemplo como é que um tubo igual a este : http://www.astroshop.eu/skywatcher-maksutov-telescope-mc-90-1250-skymax-ota/p,5020#tab_bar_1_select

pode ter uma distancia focal maior que um tubo com a mesma abertura mas que é 3x mais comprido como este:
http://www.telescope.com/control/telescopes/refractor-telescopes/orion-astroview-90-equatorial-refractor-telescope

A distancia focal não se resumo principalmente à distancia da lente de um telescópico até à ponta do foco da imagem por onde observamos?
Desculpem-me se a pergunta parece um pouco  :(|  para vocês mas é que já estou baralhado com todas as coisas que leio.

Obrigado.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »

Offline Miguel Lopes

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1810
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: Duvidas Iniciação
« Responder #10 em: Agosto 18, 2010, 02:21:31 pm »
Sim, a definição de distância focal é mesmo essa. A questão é que alguns telescópios são compostos por múltiplos espelhos/lentes e com múltiplas reflexões internas conseguem um tubo mais pequeno.


Mas a distância focal é dos parâmetros menos importantes quando estás a começar. O mais importante é conseguires a maior abertura possível. Eu diria que 200mm (8 polegadas) é um valor mínimo para quem está a começar.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
"a astrologia é a ciência dos ignorantes, a astronomia é a dos que se sentem ignorantes" - Miguel Lopes

Offline Emanuel

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1396
  • Karma: +11/-0
    • Ver Perfil
Re: Duvidas Iniciação
« Responder #11 em: Agosto 18, 2010, 03:55:43 pm »
Totalmente de acordo com o Miguel! :D
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Takahashi FSQ 106 ED
Celestron AVX mount
Nikon D5300
Qhyccd Polemaster
Orion Starshoot autoguider
Omegon off-axis guider

Tags: