Autor Tópico: COMPRA DE TELESCOPIO  (Lida 208 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Raposeiras

  • Astro-Novato
  • *
  • Mensagens: 1
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
COMPRA DE TELESCOPIO
« em: Dezembro 15, 2017, 05:11:22 pm »
Boa Tarde!
Já tive um Skylife 150mm , e sinceramente , fiquei um pouco frustado com o que consegui observar. Passei o telescópio para frente e agora queria me aventurar em um mais possante. Estou  pensando em um de refletor 254 mm  . O que vcs poderiam me indicar. Gostaria de no minimo para começar ,  poder ver os anéis de Saturno ou os satélites de jupiter . Se possível , me orientar em relação a todos os equipamentos ( Lentes , espelho ...)  ideais para uma melhor observação.



Offline Guilherme de Almeida

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Principiante
  • *****
  • Mensagens: 316
  • Karma: +6/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Re: COMPRA DE TELESCOPIO
« Responder #1 em: Dezembro 17, 2017, 08:34:12 pm »
Caríssimo,

Os quatro maiores satélites de Júpiter conseguem-se ver com um vulgar binóculo 10x50, desde que  apoiado firmemente.
Os anéis de Saturno, pelo menos detectando como um único anel (na verdade são vários anéis) é coisa que se começa a distinguir numa luneta de 50 mm a partir de cerca de 30x.

Ou seja, um telescópio newtoniano de 150 mm é largamente competente para isso e muitíssimo mais, desde que seja de qualidade aceitável e esteja bem colimado. O seu telescópio de 150 mm estava colimado quando fez essas observações que o levaram à decepção e ao desagrado?
Na verdade, um newtoniano descolimado dá imagens horríveis; noites de turbulência atmosférica elevada dão imagens horríveis; telescópios não aclimatados dão imagens horríveis. Mas a correcção do primeiro dos factores referidos está ao alcance do observador.  O segundo é de incidência temporária; o terceiro factor resolve-se com procedimentos adequados.

Um telescópio de 254 mm é muito maior e mais pesado, mais incómodo de transportar.  Vejo que ainda não explorou, o seu 150 mm, talvez por falta de colimação. E há ainda  a questão da turbulência atmosférica, que nem sempre permite a nitidez de que o observador está à espera.

Foi para todas essas questões e muitíssimas outras que, entre os livros de que sou autor, escrevi e publiquei a obra "Telescópios", que pode ver aqui:
https://www.platanoeditora.pt/?q=C/BOOKSSHOW/15
E mais dados aqui:
Apresentação do livro: http://www.astrosurf.com/re/telescopios.pdf
Índice do livro: http://www.astrosurf.com/re/indice_telescopios.pdf
Introdução do livro: http://www.astrosurf.com/re/introducao_telescopios.pdf   
Capa e contracapa: http://www.astrosurf.com/re/capa%20final_telescopios_small.jpg

Boas observações
Guilherme de Almeida
https://www.platanoeditora.pt/?q=N/AUTHORSHOW/861&maid=292
Guilherme de Almeida

Tags: