Autor Tópico: Caracterização dos astrónomos amadores no Brasil  (Lida 2835 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Guilherme de Almeida

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Principiante
  • *****
  • Mensagens: 316
  • Karma: +6/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Caracterização dos astrónomos amadores no Brasil
« em: Dezembro 18, 2006, 08:28:42 pm »
Que tipo de pessoas são os astrónomos amadores brasileiros?
Profissões mais representadas?
Qual a percentagem de homens e mulheres na astronomia amadora brasileira?
Qual é a distribuição por idades?
Qual é a distribuição geográfica desta actividade no Brasil?
Qual é a percentagem dos que professam uma religião?
Qual é a percentagem dos que acreditam na ASTROLOGIA?


Para saber isto e muito mais, (recomendado!!!), por favor acedam ao link

http://www.revistamacrocosmo.com/edicoes/macrocosmo37/

e em seguida cliquem na capa da revista.

Depois o Win Rar descompacta e verão o Censo astronómico 2005, que abrange imensos aspectos muito interessantes.
É muito bom para imprimir e ler com calma. Ficaremos a conhecer melhor a realidade dos astrónomos amadores brasileiros.
 
Todos os números desta revista (que só se publica on-line) podem ser acedidos em

http://www.revistamacrocosmo.com
 
Estão já publicados na net três anos de REVISTA MACROCOSMO, ou seja, 36 números, todos acessíveis através do último link indicado. Todos os números estão em pdf.
Consulta a não perder. Estão lá (grátis) imensos artigos de todos os géneros e para todos os gostos.
 
Abraço amigo
Guilherme de Almeida
« Última modificação: Dezembro 18, 2006, 10:29:10 pm por Guilherme de Almeida »


Guilherme de Almeida

Offline PauloSantos

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1541
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #1 em: Dezembro 18, 2006, 09:56:38 pm »
Tenho lido atentamente os artigos dessa revista e são de facto mt bons, além da vantagem obvia de ser em português.
Fez bem em divulgar essa página. Recomenda-se.
Cumps
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por PauloSantos »
Paços de Brandão/Stª Mª Feira

Latitude 40º 58\' 01"
Longitude -8º 34\' 59"
Altura 138m

Offline Guilherme de Almeida

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Principiante
  • *****
  • Mensagens: 316
  • Karma: +6/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #2 em: Dezembro 18, 2006, 10:24:21 pm »
Citação de: "PauloSantos"
Tenho lido atentamente os artigos dessa revista e são de facto mt bons, além da vantagem obvia de ser em português.
Fez bem em divulgar essa página. Recomenda-se.
Cumps

Muito bem, Paulo Santos, mas já leu este artigo especificamente?

É que isto saíu "agora mesmo2, há poucas horas, no n.º 37 da revista MACROCOSMO. Refere-se a 2005, mas é matéria recente (o censo demora muito tempo a compilar).

Por isso, recomendo que leia.
Talvez apareça por aí a ideia de fazer uma coisa parecida cá em Portugal.

Eu e o Fernando Delgado fizemos uma coisa dessas, de menor dimensão, em 2003. Mas as pessoas eram muito renitentes a preencher os seus dados, e eram apenas 9 perguntas!. Este que fizeram no Brasil é muitíssimo interessante, mas o questionário era muito mais extenso do que o nosso; se aparecesse cá um questionário assim tão completo, as pessoas diriam que dava muito trabalho (que era uma maçada para preencher os dados)... como nos disseram, algumas pessoas enfadadas com uma coisa que afinal seria tão útil e interessante para todos!

Pode ser que as coisas por cá tenham mudado desde 2003, mas não acredito assim tanto.

O  "Inquérito" português está lançado neste fórum, no mesmo grupo de temas (Telescópios), também como questão autónoma. Quem quiser pode lá ir ver o nosso trabalho.
O título é
"Telescópios e binóculos dos astrónomos amadores em Portugal"  

Abraço amigo
Guilherme de Almeida
« Última modificação: Dezembro 19, 2006, 04:57:45 pm por Guilherme de Almeida »
Guilherme de Almeida

Offline Vitor AD

  • Mensagens: 29
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #3 em: Dezembro 18, 2006, 11:11:06 pm »
De fato interessante. Apesar de não haver participado da pesquisa, não percebi uma relação dos instrumentos dos amadores. Talvez num próximo resultado seja disponibilizada o que nos daria um aspecto da distribuição da capacidade de observação ao longo do país.

ABraços.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Vitor AD »
Vitor
http://vitord70.multiply.com
Dob 270 mm F/5
Orion Astroview 150 mm F/5 Newt
EQ3 convertida para guiagem
Refrator Jaegers 80 mm F/4.88  (homemade)
SPC900NC SC-1.5 + Meade LPI
Tasco: Bino 50x10 + Refrator 60mm F/13.33

Offline PauloSantos

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1541
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #4 em: Dezembro 19, 2006, 10:56:19 am »
Citação de: "Guilherme de Almeida"
Muito bem, Paulo Santos, mas já leu este artigo especificamente?

É que isto saíu "agora mesmo2, há poucas horas, no n.º 37 da revista MACROCOSMO. Refere-se a 2005, mas é matéria recente (o censo demora muito tempo a compilar).

Não Guilherme, ainda não li o ultimo. Mas tencionava ler qt antes e provavelmente vou fazê-lo ainda hoje.
Cumps
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por PauloSantos »
Paços de Brandão/Stª Mª Feira

Latitude 40º 58\' 01"
Longitude -8º 34\' 59"
Altura 138m

Offline Guilherme de Almeida

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Principiante
  • *****
  • Mensagens: 316
  • Karma: +6/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #5 em: Dezembro 19, 2006, 03:17:06 pm »
Citação de: "Vitor AD"
De fato interessante. Apesar de não haver participado da pesquisa, não percebi uma relação dos instrumentos dos amadores. Talvez num próximo resultado seja disponibilizada o que nos daria um aspecto da distribuição da capacidade de observação ao longo do país.

Abraços.

Caro Vitor AD
O inquérito que fala especificamente dos instrumentos de observação é o português, visível em

http://astrosurf.com/apaa/GA/Inquerito_teles.pdf .
OU EM
http://www.astrosurf.com/re/portuguese_ ... scopes.pdf


Guilherme de Almeida
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guilherme de Almeida »
Guilherme de Almeida

Offline AJC

  • Astro-Curioso
  • **
  • Mensagens: 144
  • Karma: +0/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
    • Astronomia e Música
decepção
« Responder #6 em: Janeiro 01, 2007, 04:46:07 pm »
Pois é Guilherme,
...confesso uma decepção em relação à astronomia amadora brasileira: 53% de entusiastas! Nem sabia que existia isso!! 19% acredita em astrologia, cruzes!!! Tem pouca gente quantificando o céu por aqui: 99% apenas contempla. Até onde sei, fora eu, apenas o Alex Amorim, Tasso Napoleão, Cristóvão Jacques, Avelino Alves e Carlos Colesanti, fazem anotações sobre o que é observado. Apenas 6 pessoas em 180 milhões de habitantes. Não enchem sequer duas mãos. Invejo os Norte-americanos e Australianos. Dão um show.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por AJC »
AstroSaudações,
http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php?pagina=1980008586
Três Marias - Minas Gerais - Brasil
AJC - pesquisador da AAVSO 100 ANOS - 1911 / 2011

Offline Guilherme de Almeida

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Principiante
  • *****
  • Mensagens: 316
  • Karma: +6/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Re: decepção
« Responder #7 em: Janeiro 01, 2007, 05:47:20 pm »
Citação de: "AJC"
Pois é Guilherme,
...confesso uma decepção em relação à astronomia amadora brasileira: 53% de entusiastas! Nem sabia que existia isso!! 19% acredita em astrologia, cruzes!!! Tem pouca gente quantificando o céu por aqui: 99% apenas contempla. Até onde sei, fora eu, apenas o Alex Amorim, Tasso Napoleão, Cristóvão Jacques, Avelino Alves e Carlos Colesanti, fazem anotações sobre o que é observado. Apenas 6 pessoas em 180 milhões de habitantes. Não enchem sequer duas mãos. Invejo os Norte-americanos e Australianos. Dão um show.


Olá, João Marcos
Não é assim tão mau como diz
Estive no ENAST 9, em Brasília, nos primeiros dias de Novembro de 2006. Estavam lá umas 450 pessoas a participar. E muitas delas vieram de muito longa para lá estar. Uma imensidade de palestras e um imenso interesse em todas elas...
Pode aceder aos seguintes links, para mais informação:
http://enast.casb.com.br/
http://enast.casb.com.br/index.php?opti ... &Itemid=33
http://enast.casb.com.br/index.php?opti ... &Itemid=30
http://enast.casb.com.br/index.php?opti ... &Itemid=62
Conheci muitos observadores persistentes empenhados. O Brasil é muito grande e não dá para conhecer todos. Nem mesmo para um brasileiro, que vive lá.

Em Portugal o território é pequeno e quem vem de mais longe em geral não vem de mais de 300 km a 400 km. Mesmo assim, fazendo os encontros na região centro de Portugal, já ninguém anda tanto. No Brasil, com a imensidade do território,  vir de 600 km ainda é "perto",  e há zonas dentro do Brasil  bem mais longe, como sabe. O problema é que viajar de muito longe tem custos ($$$) elevados. Por isso, num grande território como o Brasil, mesmo com 180 milhões de habitantes,  é muito difícil alguém vir de mais de 500 km ou 600 km porque fica caro; o que vai limitar o número de presenças. Por isso, só aparecem as pessoas que habitam relativamente perto do local de cada encontro, mesmo que no Brasil o conceito de "perto" seja muito amplo.  Dos 450 que vieram ao ENAST 9, certamente havia milhares que viriam se não tivessem de vir de tão longe. O ENAST 10 será em 2007, no Rio de Janeiro.

Quanto ao número de observadores no Brasil, mesmo os que só contemplam já é bom, ou os que só observam. Mas mesmo a regist(r)ar há muito mais do que 6 no Brasil... Quanto aos adoradores da astrologia aí já nada posso dizer.

Já viu as páginas Web de brasileiros como:
José Carlos Diniz
André Moutinho
Sérgio Caixeta
Ricardo Dunna
Rogério Marcon
(?)

Abraço
Guilherme de Almeida
« Última modificação: Janeiro 01, 2007, 08:27:59 pm por Guilherme de Almeida »
Guilherme de Almeida

Offline AJC

  • Astro-Curioso
  • **
  • Mensagens: 144
  • Karma: +0/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
    • Astronomia e Música
astrofotografia
« Responder #8 em: Janeiro 01, 2007, 07:00:26 pm »
o Dunna e o Marcon são fabricantes ATM. Nem no site deles aparece algum dado de quantificação de observação.
O Moutinho e o Diniz são astrofotógrafos. Não quantificam.
O Caixeta pertence a seção lunar da REA-ocultações lunares-mas não encontrei nenhum reporte de alguma observação dele. Nem no site dele.
Tem mais algum?
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por AJC »
AstroSaudações,
http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php?pagina=1980008586
Três Marias - Minas Gerais - Brasil
AJC - pesquisador da AAVSO 100 ANOS - 1911 / 2011

Offline Guilherme de Almeida

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Principiante
  • *****
  • Mensagens: 316
  • Karma: +6/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Re: astrofotografia
« Responder #9 em: Janeiro 01, 2007, 08:25:10 pm »
Citação de: "AJC"
o Dunna e o Marcon são fabricantes ATM. Nem no site deles aparece algum dado de quantificação de observação.
O Moutinho e o Diniz são astrofotógrafos. Não quantificam.
O Caixeta pertence a seção lunar da REA-ocultações lunares-mas não encontrei nenhum reporte de alguma observação dele. Nem no site dele.
Tem mais algum?


Bom, a astrofotografia é uma forma de registo. A partir dela muita coisa se pode fazer.
E não há mal nenhum em observar pelo gosto de observar. Se eu for ao Louvre ou ao Prado e gostar de lá ir apreciar obras de arte, e tenho
prazer nisso, tal circunstância não obriga a que eu me torne/seja um perito em arte, a ter uma formação específica em crítica de arte, ou a escrever tratados de arte.
Na astronomia de amadores, como é uma actividade feita por gosto (e sem desprestígio pela palavra "amador"), todas as componentes da actividade valem. Ninguém, como amador, é obrigado apresentar resultados quantitativos. Alguns querem e podem fazê-lo, mas não é obrigatório.
Uns medem, outros calculam, outros cronometram, outros analizam, ... alguns observam porque gostam de o fazer. Alguns outros fazem uma ou outra determinação, mas não há obrigação de o fazer.
Há quem faça Astronomia de amadores só com binóculos (alguns, só com estes meios, descobriram várias novas). E a olho nu, outros dedicam-se à observação e registo de meteoros. Isso também válido.
Há muitas formas de viver a astronomia de amadores.
Abraço
GA
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guilherme de Almeida »
Guilherme de Almeida

Offline AJC

  • Astro-Curioso
  • **
  • Mensagens: 144
  • Karma: +0/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
    • Astronomia e Música
pelo menos 50
« Responder #10 em: Janeiro 01, 2007, 08:31:28 pm »
Concordaria com tudo isso, Sr. Guilherme, se aqui no Brasil fôssemos pelo menos uns 50. Mas sendo apenas 6, fica complicado.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por AJC »
AstroSaudações,
http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php?pagina=1980008586
Três Marias - Minas Gerais - Brasil
AJC - pesquisador da AAVSO 100 ANOS - 1911 / 2011

Offline Vitor AD

  • Mensagens: 29
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: pelo menos 50
« Responder #11 em: Janeiro 03, 2007, 04:22:19 am »
Citação de: "AJC"
Concordaria com tudo isso, Sr. Guilherme, se aqui no Brasil fôssemos pelo menos uns 50. Mas sendo apenas 6, fica complicado.


Olá

O que é quantificar para você? Efetuar curvas de estrelas variaveis? Isto é a mais nobre das missões?

Caçar cometas não é nobre?
Caçar supernovas extra-galaticas?
Observar TLPs?
Cronometrar ocultações lunares?
Efetuar esboços de planetas ou fotografar a Red Spot Jr com uma simples webcam?
Divulgar a astronomia em foruns como este?
Contar manchas solares ou fotografar o Sol em H-alfa?
Participar de Clubes de Astronomia Amadora e compartilhar experiências?
Experimentar toda uma gama de observações ou experimentar aprender um pouco de ótica e construir um telescópio com as próprias mãos?
Participar de eventos como Astronomia nas Ruas ou nas Escolas?

Não considere que observar estrelas varíaveis seja a única maneira de quantificar a disposição de um astronomo amador. Este é o seu ponto de vista!

Menosprezas o trabalho do Diniz por ser astrofotografo? Tens idéia do trabalho que ele efetua no Rio de Janeiro? Tens ideia de quantos novos astronomos amadores surgiram com a popularização da astrofotografia?
Tens ideia da matematica ou física que existe por tras de uma foto? Ou achas que é apenas colocar a camera lá, ajustar o foco e que a foto estará prontinha, a disposição. Tens idéia que é possível usar cameras em fotometria das estrelas variaveis? Já ouviste falar em Pedro Ré? Conheces o trabalho dele em astrofotografia?

Bom, em um país com uma profunda cultura mística considero muito mais importante desmistificar e divulgar astronomia. Isto sim permitirá mais astronomos amadores quantificando no sentido que tanto queres.

Abraços.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Vitor AD »
Vitor
http://vitord70.multiply.com
Dob 270 mm F/5
Orion Astroview 150 mm F/5 Newt
EQ3 convertida para guiagem
Refrator Jaegers 80 mm F/4.88  (homemade)
SPC900NC SC-1.5 + Meade LPI
Tasco: Bino 50x10 + Refrator 60mm F/13.33

Offline AJC

  • Astro-Curioso
  • **
  • Mensagens: 144
  • Karma: +0/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
    • Astronomia e Música
Re: pelo menos 50
« Responder #12 em: Janeiro 06, 2007, 02:03:49 am »
Citação de: "Vitor AD"
Não considere que observar estrelas varíaveis seja a única maneira de quantificar a disposição de um astronomo amador. Este é o seu ponto de vista!

Abraços.


Acho que você fez confusão, Vitor, mas não sei aonde que você leu que eu teria escrito que observar estrelas varíaveis seja a única maneira de quantificar a disposição de um astronomo amador.
Releia,
Inté,
AJC
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por AJC »
AstroSaudações,
http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php?pagina=1980008586
Três Marias - Minas Gerais - Brasil
AJC - pesquisador da AAVSO 100 ANOS - 1911 / 2011

Offline AJC

  • Astro-Curioso
  • **
  • Mensagens: 144
  • Karma: +0/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
    • Astronomia e Música
Re: Caracterização dos astrónomos amadores no Brasil
« Responder #13 em: Novembro 08, 2011, 08:50:51 pm »
Pois é Vitor,
...o Parsec me pediu para mostrar as pessoas o que se faz com pequenas aberturas, assim o fiz. E fui banido do CosmoForum. Isso mostra a fraqueza da astronomia amadora brasileira. Quanta insegurança. Será que atrapalhei tanto assim a venda de telescopios grandes do Dario Pires e do Leandro ao defender as pequenas aberturas?
Essa semana teremos o ENAST, maior encontro sobre astronomia amadora do Brasil e ninguem do forum que fui banido vai estar lá.
Lamentável,
« Última modificação: Novembro 08, 2011, 08:53:03 pm por AJC »
AstroSaudações,
http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php?pagina=1980008586
Três Marias - Minas Gerais - Brasil
AJC - pesquisador da AAVSO 100 ANOS - 1911 / 2011

Tags: