Autor Tópico: Mecânica de uma GEM  (Lida 2243 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Miguel Lopes

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1810
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Mecânica de uma GEM
« em: Janeiro 24, 2007, 02:39:30 pm »
No outro dia olhei para a minha CG5 e reparei numa coisa muito estúpida. O motor DEC está colocado juntamente ao apoio da OTA.
Não seria melhor estar do outro lado do eixo, i.e, perto dos contrapesos?
Desse modo não seria necessários tanto peso para equilibrar o conjunto.
Estive a ver outras montagens e por exemplo a LXD75 "sofre" do mesmo problema

Além disso os tipos da Celestron deviam estar bêbados quando desenharam aquela parte, porque em certas situações a caixa (exageradamente grande) do motor DEC pode bater na caixa do motor AR e do controlador do telescópio....

Quando olho para montagens superiores, como as da Vixen ou da Losmandy os motores estão perto dos contrapesos....

Que acham sobre isto?
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Miguel Lopes »


"a astrologia é a ciência dos ignorantes, a astronomia é a dos que se sentem ignorantes" - Miguel Lopes

Offline Emanuel

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1397
  • Karma: +11/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #1 em: Janeiro 24, 2007, 04:02:59 pm »
Bem, no meu caso não tenho tanto esse problema porque não tenho GO-TO, mas tenho motorização dupla! Em todo o caso, há algumas coisas um bocado mal projectadas nesta montagem! Por exemplo, como é que faz para bloquear na posição correcta o buscador polar?  :?
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Emanuel »
Takahashi FSQ 106 ED
Iptron IEQ45 Pro mount
Nikon D5300 Modd
Qhyccd Polemaster
QhyCCD 5L-II mono guider
Omegon off-axis guider

Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #2 em: Janeiro 24, 2007, 04:25:14 pm »
:) Pois, a Sphinx da Vixen, tem o motor do lado de baixo, e eles até argumentam isso como vantagem.. Mas sejamos realistas..
Quanto pesa o motor?
- Vou admitir que é o metade de um contrapeso!
Onde é que o motor tem que ser colocado?
- Perto do eixo de AR, para ter um ponto de apoio para rodar. Ora a esta distância do eixo de AR, vou imaginar 10cm, 1/2 contrapeso, "pesa" (para efeitos de equilíbrio) 1/8 do "peso" que 1 contrapeso normalmente colocado na ponta do veio, a uns 40cm.
Ou seja, um motor é tão leve, e tem que ser colocado tão perto do eixo de AR, que não tem muita diferença para cargas pesadas. Se o telescópio for leve, a coisa já pode ser mais significativa.
Basicamente, isto tem a ver com o momento linear, onde a distância a que o peso está do centro multiplicada pelo peso, tem que ser igual dos dois lados do eixo para a montagem estar equilibrada.
Acab por ser mais "cost effective" adicionar um novo contrapeso, do que mudar o motor de sítio :)

Em relação ao motor de DEC bater no resto da montagem, isso é mais ou menos normal.. A minha EQ5 sofre do mesmo problema, mesmo não tendo motor de DEC :) é o manípulo do eixo que lá bate.. A solução pode ser montar o telescópio ao contrário, planeando a observação de modo a que não se olhe para certos zonas em certas alturas..
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Fil »
Fil.
GOAAA

Offline PauloSantos

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1541
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #3 em: Janeiro 24, 2007, 05:42:00 pm »
Tópico movido para a secção "Montagens".
Cumps
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por PauloSantos »
Paços de Brandão/Stª Mª Feira

Latitude 40º 58\' 01"
Longitude -8º 34\' 59"
Altura 138m

Offline Miguel Lopes

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1810
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #4 em: Janeiro 25, 2007, 10:17:15 am »
Emanuel: Tens o buscador da celestron? dá problemas?

Fil:
No meu caso o contrapeso está quase colado ao topo, portanto não é assim tão insignificante. E estando do lado dos contrapesos, nao precisa de ser equilibrado por eles e até ajuda-os, portanto seria 1/8 x2, mesmo na situação mais extrema
Além disso o cabo do motor seria mais curto e atrapalhava menos. E a montagem seria também mais pequena e transportável.
Devem haver ainda outras razões, pois as montagens melhores são assim... ou será que apenas compensa mais com o factor de escala, i.e. , só para montagens com rodas dentadas de "x" dentes ou carga ou diâmetro do eixo é que compensa?
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Miguel Lopes »
"a astrologia é a ciência dos ignorantes, a astronomia é a dos que se sentem ignorantes" - Miguel Lopes

Offline Emanuel

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1397
  • Karma: +11/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #5 em: Janeiro 25, 2007, 09:06:13 pm »
Olá Miguel, sim tenho o buscador da Celestron! Não é bem dar problemas, para o manter fixo na posição correcta, alinhado com o eixo de  A.R. é que não é grande coisa! Quando comprei a montagem não tinha o buscador, adicionei-o recentemente mas, constatei que ele fica apertado num único ponto, quando deveriam ser dois pelo menos!!! :?
                 
    ----------|------------------
    ----------|------------------  Isto é um exemplo através de um esquema rasco :) , em que os dois tracejados representam o buscador e os dois traços verticais são o suporte do buscador na montagem! Neste ponto único de suporte tem os três parafusos para o apertar, mas mesmo assim qualquer toque o desalinha porque fica "bambo", percebe? :? Deveriam ser dois pontos de fixação!Quando o comprei vinha também com um suporte extra que sinceramente não vejo a sua utilidade uma vez que, por estar apertado ao buscador na parte exterior e não se poder fixar à montagem, não ajuda em nada! Acho que veio como extra no caso de a montagem não ter um já montado! :?
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Emanuel »
Takahashi FSQ 106 ED
Iptron IEQ45 Pro mount
Nikon D5300 Modd
Qhyccd Polemaster
QhyCCD 5L-II mono guider
Omegon off-axis guider

Offline Astrolupa

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Amador
  • *****
  • Mensagens: 998
  • Karma: +2/-0
    • Ver Perfil
    • http://www.astrosurf.com/nviegas
(sem assunto)
« Responder #6 em: Janeiro 25, 2007, 10:04:38 pm »
Que descrição estranha amigo Emanuel. No buscador polar da minha montagem (não é uma CG5 mas em termos de buscadores polares é tudo parecido!  :lol: ), a fixação é providenciada pelo anel externo que o mantem bem fixo no sitio e depois existem 6 parafusos para colimação tal como os espelhos primários dos telescópios reflectores. Será que não há aí algum truque? Pode fazer um post de uma foto do dito cujo?  :)



Cumprimentos,
Nelson Viegas
GOAAA
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Astrolupa »
Cumprimentos,
Nelson Viegas
GOAAA

Offline Miguel Lopes

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1810
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #7 em: Janeiro 25, 2007, 10:19:37 pm »
Vou pesquisar na net a ver se existe remédio ou outro buscador de outra marca faz melhor figura. Ainda não comprei mas depois da tua descrição fiquei retraído...
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Miguel Lopes »
"a astrologia é a ciência dos ignorantes, a astronomia é a dos que se sentem ignorantes" - Miguel Lopes

Offline Emanuel

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1397
  • Karma: +11/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #8 em: Janeiro 25, 2007, 10:39:47 pm »
Pois, eu já sabia que a minha discrição iria ser estranha, só não postei imagem, porque a minha máquina digital é do tempo da pedra, mas aqui vão as horríveis imagens:



Esta é a montagem e o suporte do buscador polar que já vinha incluído na montagem!!!



Este é o buscador polar com o suporte extra!!
 DEsculpem a qualidade das imagens, mas além de ser uma máquina de 1.0 MP, não faz  foto em macro!
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Emanuel »
Takahashi FSQ 106 ED
Iptron IEQ45 Pro mount
Nikon D5300 Modd
Qhyccd Polemaster
QhyCCD 5L-II mono guider
Omegon off-axis guider

Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #9 em: Janeiro 26, 2007, 08:55:47 am »
Na minha EQ-5, muito parecida a essa, havia um anel de borracha que se encarregava de fazer de "ponto de apoio". O anel já estava dentro da montagem quando lá meti o buscador pela primeira vez (que custou a entrar)...
A minha Grande Asneira foi, na minha 2ª noite de uso da montagem (em que fiquei desiludido já não me lembro com quê), eu ter tirado o buscador da montagem, porque quando puxei por ele, o anel de borracha veio atrás!.. Ou seja, perdi o ponto de apoio que lá estaria dentro..

Portanto, à falta de anel de borracha, pode-se tentar improvisar uma outra coisa qualquer que lá fique dentro a fazer espaço.. Em caso de isso dar pouco jeito de fazer, poder-se ia aproveitar o suporte que tem os 3 parafusos e colocar lá um apoio extra.. ou passar a ter 6 parafusos em vez de 3.. :?
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Fil »
Fil.
GOAAA

Offline Miguel Lopes

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1810
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #10 em: Janeiro 29, 2007, 12:21:46 am »
Emanuel, comprei o buscador este sábado e embora o tempo não tenha permitido testes, não tive problemas em fixá-lo.
Realmente o suporte que vem é extra.

Astrolupa, o buscador da celestron é muito diferente, tem apenas 3 parafusos laterais que funcionam como um finderscope, aperta-se mais um para fazer o tubo inclinar-se para o seu lado. Claro que é necessário relaxar os 2 outros primeiro. O objectivo é permitir um ligeiro ajuste da direcção, mantendo os 3 parafusos em contacto com o tubo para que ele não se mexa.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Miguel Lopes »
"a astrologia é a ciência dos ignorantes, a astronomia é a dos que se sentem ignorantes" - Miguel Lopes

Offline Emanuel

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1397
  • Karma: +11/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #11 em: Janeiro 30, 2007, 01:02:01 pm »
Pois, consegue-se fixá-lo... mas deveria ter outro apoio! Se calhar sou eu que não tenho muito jeito! Vou acabar por me habituar!! :? Já percebi o que se passou! @#$%$$$$&()&%$" ... de sorte!! :x  O raio do O-ring do suporte do buscador polar estava fora de sítio, caído dentro dele! :? Por isso é que não fixava bem! Ganda maçarico que eu sou! :D
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Emanuel »
Takahashi FSQ 106 ED
Iptron IEQ45 Pro mount
Nikon D5300 Modd
Qhyccd Polemaster
QhyCCD 5L-II mono guider
Omegon off-axis guider

Offline Guilherme de Almeida

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Principiante
  • *****
  • Mensagens: 316
  • Karma: +6/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Re:
« Responder #12 em: Setembro 04, 2007, 08:43:32 pm »
Citação de: "Fil"
:) Pois, a Sphinx da Vixen, tem o motor do lado de baixo, e eles até argumentam isso como vantagem.. Mas sejamos realistas..
Quanto pesa o motor?
- Vou admitir que é o metade de um contrapeso!
Onde é que o motor tem que ser colocado?
- Perto do eixo de AR, para ter um ponto de apoio para rodar. Ora a esta distância do eixo de AR, vou imaginar 10cm, 1/2 contrapeso, "pesa" (para efeitos de equilíbrio) 1/8 do "peso" que 1 contrapeso normalmente colocado na ponta do veio, a uns 40cm.
Ou seja, um motor é tão leve, e tem que ser colocado tão perto do eixo de AR, que não tem muita diferença para cargas pesadas. Se o telescópio for leve, a coisa já pode ser mais significativa.
Basicamente, isto tem a ver com o momento linear, onde a distância a que o peso está do centro multiplicada pelo peso, tem que ser igual dos dois lados do eixo para a montagem estar equilibrada.
Acaba por ser mais "cost effective" adicionar um novo contrapeso, do que mudar o motor de sítio :)...
..
Olá, Fil
Duas notas informativas, apenas:

1. Sem querem ser desagradável devo chamar a atenção para o seguinte: onde o Fil diz "momento linear" deve ler-se "momento polar". De facto, o conceito que descreve é o de momento polar (que se mede em Nxm ou em kgfxm. O momento linear, pelo contrário,  é o produto da massa pela velocidade e mede-se em kms^-2, constituindo um conceito totalmente diferente o que descreve e do que está em causa no equilíbrio de uma montagem.

2. Aproveito para informar que a massa de um motor Vixen MT1 é de 0,350 kg, cada motor, segundo dados do fabricante.  No entanto, convém referir que o cálculo  do equilíbrio será um pouco diferente. De facto, não se trata(apenas) de colocar o motor do lado dos contrapesos. Trata-se de mudar o motor de um lado para o outro. Ora, se apenas por tirar o motor de onde ele está já seria preciso menos contrapeso, passar o motor para o lado dos contrapesos produzirá o dobro do efeito de a distância ao eixo (após a mudança) for a mesma que era antes, mas do lado contrário. Por outro lado, as montagens Vixen Sphinx e a EQ6, por exemplo, têm os dois motores (não apenas 1) do lado dos contrapesos. Em conclusão, supondo distâncias iguais e sabendo-se que o motor de ascensão recta não veio de um lado onde contrariava o efeito dos contrapesos, segue-se que o efeito global é aproximadamente o triplo do momento polar criado por um único motor. Para motores de 0,35 kg, a  cerca de 0,15 m do eixo polar, dará um momento polar global de cerca de  3x0,35x0,15=0,158 kgfxm, equivalente ao momento produzido por uma massa de 1,9 kg (contrapeso Vixen menor) a uma distância do eixo (polar) tal que:
1,9xd=0,158, ou seja, d=0,083 m.

Vamos ver seguidamenteo que é que isto pode significar em termos de redução de massa do contrapeso, para o equilíbrio de um determinado telescópio. Consideremos que um determinado telescópio ficava equilibrado com um contrapeso de 1,9 kg, situado a 0,25 m do eixo polar (com os motores situados nos seus lugares iniciais); então, o (módulo do) momento polar produzido por este contrapeso será 1,9x0,25=0,475 kgf. Passando os contrapesos para a situação anteriormente refeirda (para o lado do contrapeso), onde eles produzem um momento polar de 0,158 kgfxm, então, para manter o equilíbrio nesta nova posição, bastará que o contrapeso passe a produzir um momento polar apenas de:
0,475-0,158=0,317 kgfxm. Continuando o dito contrapeso a estar a 0,25 m do eixo polar, a nova massa ( m' )que esse contrapeso deveria ter (para manter o telescópio equilibrado e relação ao eixo polar)seria tal que:
0,25xm' = 0,317, ou seja, m'= 1,27 kg, ou seja, poupámos 1,90 kg -1,27 kg=0,63 kg.

(em geral os varões não são assim tão compridos; não permitem geralmente a colocação de contrapesos a 0,40 m do eixo)

Abraço
Guilherme de Almeida
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Guilherme de Almeida

Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
Re: Mecânica de uma GEM
« Responder #13 em: Setembro 17, 2007, 08:28:29 am »
Olá Guilherme,
Obrigado pelo reparo.

De facto esqueci-me que quando se muda um motor de sítio, ele além de "ir parar" ao novo sítio, também "desaparece" do anterior :)
Mas as contas até ilustram bem o que um motorzito mais leve que um contrapeso pode ajudar em certos casos.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Fil.
GOAAA

Tags: